Sem título

O Governo do Estado autorizou, nesta segunda-feira (11/06), o chamamento de 730 servidores da Segurança Pública aposentados e 1.074 egressos das forças armadas para atuarem de forma temporária no Estado. A iniciativa foi uma das 47 medidas sugeridas no Relatório Final da Comissão Especial da Segurança Pública, presidida pelo deputado estadual Ronaldo Santini.

Conforme o parlamentar, promover o retorno desses  1.804 servidores será fundamental para qualificar as ações na área da Segurança Pública. “Ficamos contentes que o trabalho da Comissão tenha gerado frutos positivos, como o reaproveitamento dos servidores inativos da Polícia Civil, Susepe e IGP, iniciativa apresentada, ainda em 2015, pelo deputado Pedro Pereira.  Aguardamos a regulamentação de outras matérias, como a isenção do ICMS na aquisição de armas e equipamentos de proteção por operadores da Segurança”, ressaltou Santini.

Conforme informações do Governo, dos aposentados, 80 irão para a Polícia Civil, 400 para a Brigada Militar, 150 para a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), 50 para o Instituto-Geral de Perícias (IGP) e 50 para o Corpo de Bombeiros Militar (CBM). Dos servidores temporários, 800 serão destinados à BM, 100 ao CBM e 174 para as áreas de saúde da BM.

Texto: Bruna Bueno – Jornalista MTB
Foto: Assessoria Gabinete Deputado Ronaldo Santini

Redes Sociais